Retenção de alunos na academia: 7 dicas para colocar em prática ainda hoje

Retenção de alunos na academia: 7 dicas para colocar em prática ainda hoje

Dados apresentados pela ACAD (Associação Brasileira de Academias), indicam que 60% dos alunos abandonam a academia após 45 dias do início das atividades e somente 49% frequentam a mesma academia por mais de 01 ano. É comum o gestor gastar muito tempo e recurso no marketing para aquisição de novos clientes, mas “peca” piamente nas estratégias de retenção de alunos na academia.

Com base nesse problema real e assombroso, listamos aqui 7 dicas para serem colocadas em práticas ainda hoje, de modo a aumentar sua retenção de alunos na academia.

Retenção de alunos na academia.

1 Lembre-se do objetivo do seu aluno

Não precisa ser nem um guru para saber que a grande maioria dessas desistências é devido desmotivação proveniente da falta de resultado, e quando falo de resultado, não estou falando do aluno obter o shape do Felipe Franco, mas sim de pequenas melhorias que ele possa perceber e que o motivem a continuar com você.

Hoje em dia muito se fala de Custumer Success no meio empresarial, trata-se de você que ensina ou vende algo ou alguma solução se preocupar com o resultado do seu cliente e ajudá-lo a ter sucesso nos seus objetivos, estreitando os laços entre vendedor e cliente, laços esses que vão fidelizar seu cliente a você, aumentando sua retenção de alunos na academia.

Mas essa dica vai além de apenas de se lembrar do objetivo do seu aluno, você tem que mostrar para ele que você se lembra, e realmente ajudar para que o mesmo alcance seus objetivos.

Uma metodologia válida é traçar pequenas metas, Exemplo: se o aluno deseja perder 10kg, faça um planejamento com ele e proponha a perca de 2kg por mês, e o acompanhe durante esse processo, e se no fim ele conseguir, você pode ter certeza que ele irá renovar o seu contrato, e se ele perde mais que isso, seu NPS vai lá em cima, pois você entregou mais do que prometeu, inconscientemente ativou um dos gatilhos mentais mais poderosos: o do bônus.  Mas lembre-se sempre faça metas curtas e que segundo o seu embasamento como profissional, sejam possíveis com folga.

Lembre-se também de mostrar o resultado para seu aluno, ao término daquele objetivo, caso ele tenha alcançado, frize bem que juntos conseguiram alcança-lo, comemore com ele e pactue a continuidade na caminhada.

 

2 Experiência do aluno na sua academia

Por mais básico que seja, muitas academias ainda erram nisso. Não adianta seu aluno alcançar o objetivo mas não ter uma boa experiência nessa jornada. Uma boa experiência vai variar de aluno para aluno, você precisa ter empatia para perceber o que torna a experiência do seu nicho de clientes melhor, algumas dicas são:

Pergunte constantemente sobre a evolução do seu aluno.

Mantenha o ambiente muito limpo.

Seja animado ao falar com seus alunos.

Cumprimente sempre.

Que tal disponibilizar uma Wi-fi para seus alunos?

A água do bebedouro está na temperatura certa?

Os equipamentos “estão em dia” ?

3 Quebre a rotina

Sabe aqueles alunos que você acha que já fidelizou, geralmente os “marombeiros” que já treinam a anos na sua academia? Então, saiba que se ele mudar de academia, ele ficará anos nessa academia nova também. Então porque não usar uma técnica para fidelizar eles também?

Quebre a rotina mudando a academia, mude equipamentos de lugares, adquira equipamentos novos, coloque Posters novos, espelhos novos, faça pequenas inovações frequentes ou estabeleça uma meta de mudar bastante coisa de tempos em tempos. Ver modificações no ambiente vai disparar gatilhos mentais de novidade, inovação em seu aluno e ainda quebrar a rotina/monotonia que é inevitável depois de um certo tempo frequentando a academia.

Uma curiosidade: super mercados usam muito isso, pois os clientes sentem-se na obrigação (outros só porque estão confusos) de andar pelo mercado inteiro quando modificações grandes foram feitas na localização das prateleiras e produtos, se os clientes andam mais pelo supermercado, adivinha o que eles fazem mais também? compram, pois se viu tem que comprar, a regra é clara. Existem diversos estudos que comprovam isso, e por tal motivo esta pratica é tão comum.

Outra forma de quebrar a rotina é com campeonatos internos, como campeonato de supino, de funcional e etc.., você pode dar um troféu e uma camisa da sua academia como premiação, os resultados dessa técnica são incríveis, pois além de quebrar a rotina, promovem a integração entre os alunos, e se os alunos tem mais intimidade com os demais frequentadores, eles vão gostar mais de ir para sua academia.

E é claro que quebrar a rotina também ajuda com alunos que frequentam a poucos meses, não é algo exclusivo para os veteranos.

4 Conheça os alunos da sua academia

Muitos gestores sequer sabem dizer a porcentagem de homens/mulheres da sua academia, e a quantidade de alunos por faixa etária, quem dirá o objetivo destes. Isso é um grande erro que custa caro, qualquer campanha de marketing para retenção e fidelização de clientes precisar ser muito especifica, e para isso você precisa conhecer o seu cliente, ou melhor, os seus clientes. Provavelmente sua academia tem de 2 a 3 nichos diferentes de frequentadores, dependendo da academia, um pouco mais. Tenha esses perfis de nicho bem definidos e suas tomadas de decisão serão muito mais fáceis e assertivas.

Um exemplo hipotético, 60% da sua academia tem mais de 30 anos, é casado e possuí filhos, e você quer fazer campanhas de fidelização para aumentar a retenção de alunos na academia, através de postagens de  conteúdo (marketing de conteúdo), se não sabe o que é isso, recomendo fortemente a leitura desse nosso post : Marketing digital para academias . Mas voltando ao raciocino anterior, seria um erro tentar investir a maior parte dos seus recursos de marketing de conteúdo através do Instagram, rede social o qual a grande maioria está abaixo desses 30 anos. Seu público não está lá, você vai fidelizar quem por lá?

Talvez você até possa tentar fazer campanhas no Instagram para aquisição de novos clientes, mas não de retenção/fidelização, e caso faça campanhas de aquisição, precisa se perguntar antes se o ambiente da sua academia e seu atendimento é receptivo e preparado para este perfil mais jovem que está lá, e será alcançado por essa publicidade.

O fio da meada então é : conheça seu público e tudo ficará mais fácil e assertivo, você saberá como dividir os recursos de publicidade e marketing e saberá o que pode/deve ser feito dentro da academia para melhorar o ambiente para seus alunos.

5. Fale a linguagem do cliente

Essa dica só é possível se você aplicar a anterior primeiro, ao saber exatamente qual é o seu público, você deve adotar a linguagem deles, gestores de alta performance, conseguem mudar da linguagem culta para uma linguagem “internetê” em segundos, pois antes estavam atendendo um senhor de 60 anos, e agora um jovem de 17. Isso vai tornar a experiência do seu cliente muito melhor e aumentar sua fidelização. Um erro muito comum de linguagem, é quando o instrutor tenta explicar termos muito técnicos para pessoas com pouquíssimo nível de instrução, ou seja, uma pessoa que na realidade nem quer saber a parte técnica, ela quer o resumo do resumo.

6.  Conquiste a confiança do seu aluno

Seu aluno precisa confiar em você, as pessoas compram mais de quem elas confiam, como todos sabemos. Lembre-se que a confiança é algo demorado para se conquistar, porém rápido para se perder, então caso você assuma um compromisso com ele, não negligencie, se prometeu um treino novo na segunda-feira, tenha o treino pronto na segunda-feira, não acabe com a confiança que você batalhou tanto para conquistar.

7. Use a tecnologia a seu favor, ou fique para trás.

Tenha em mente que se você não usar a tecnologia a seu favor, seu concorrente vai usar, e ele vai fidelizar muito mais que você, com muito mais facilidade. E não estou falando apenas de usar um sistema de gestão poderoso, como o Fitastic, que te proporciona facilidade e agilidade para criação de treinos, campanhas de SMS e E-mail automatizadas para os clientes (campanhas de aniversário, satisfação, contratos novos, contratos vencidos e etc..), quando eu digo tecnologia é em um âmbito ainda maior, usar redes sociais, alto falante na academia com dicas e avisos, use o máximo de tecnologia que puder, e é claro, um bom sistema como o Fitastic para centralizar tudo isso pra você.

Equipe Fitastic

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *